Promoção da saúde e individualismo 1

A saúde é definida pela Organização Mundial da Saúde como um estado de bem-estar físico, mental e social completo e a carência de doenças e enfermidades. Porém, existem novas definições. Tendo como exemplo, muitas pessoas definem a saúde como não tendo dor ou desconforto, enquanto novas dizem que a saúde é a carência de doenças e enfermidades.

Montando condições para a saúde

A saúde é um jeito essencial para o desenvolvimento econômico e social. É também um semblante crítico da propriedade de existência. A saúde poderá ser aprimorada na constituição de condições favoráveis. Isso acrescenta acesso a sugestões, habilidades para a vida e os meios para fazer alternativas saudáveis. Sem isto, as pessoas não conseguem conseguir teu potencial. Elaborar condições pra saúde é, desta maneira, um propósito respeitável da ação da promoção da saúde.

Gerar condições pra saúde requer o envolvimento das partes interessadas da comunidade. Um profissional de saúde comunitário garante a participação da comunidade no processo de construção de saúde, mobilizando parcerias pra definir problemas de saúde da comunidade. Ela educa as comunidades a respeito da importancia da saúde e cria um lugar em que os residentes são informados sobre isso tua própria saúde. Ademais, ela monitora o estado de saúde pra identificar possíveis dificuldades de saúde da comunidade. Ela assim como desenvolve relacionamentos com conselhos de saúde e equipe do Departamento de Saúde, pra que eles estejam cientes das dificuldades de saúde da comunidade e possam coordenar ações para resolvê -los.

Individualismo se relaciona com a saúde

O individualismo é o início da responsabilidade individual nos cuidados de saúde. Tradicionalmente, os seres humanos limitam tuas liberdades pessoais pro bem comum e para precaver a infecção. No entanto, nosso sistema de saúde hoje é sobrecarregado por um número desproporcional de doenças crônicas, que não se espalham como doenças infecciosas e têm poucos fatores de traço modificáveis.

Nos países onde o individualismo é alto, é menos provável que os governos limitem a mobilidade, tendo como exemplo. O mesmo início é legítimo pra saúde. Quanto superior o status social de um indivíduo, mais saudável eles são. Todavia, esse efeito não é universal entre os países.

Características socioeconômicas afetam a saúde

As características socioeconômicas afetam a saúde de algumas maneiras, variando de físico a psicológico. As comunidades mais pobres geralmente experimentam múltiplos fatores de traço pra várias doenças, como instabilidade habitacional e baixa nutrição. É provável que eles vivam em áreas lotadas e poluídas. O mau status socioeconômico também está associado a eventos estressantes da vida, como perda de renda.

Ademais, o baixo status socioeconômico está associado à menor perspectiva de vida. Vários estudos mostraram que o status socioeconômico influencia a saúde, incluindo maior risco de doença cardíaca e obesidade coronariana e superior prevalência de covid-19. A complexidade e a educação ocupacionais assim como desempenham um papel no status socioeconômico.

Medidas de saúde

Existem muitas maneiras de avaliar o estado de saúde de uma população. Um esquema é por meio de questionários. Estes são capazes de ser auto-administrados e são mais baratos que as entrevistas pessoais. O defeito com medidas autorreferidas é que elas são complicados de comparar entre populações e configurações. Para proporcionar a confiabilidade destas medidas de estado de saúde, elas devem ser confiáveis ​​e comparáveis.

Outro procedimento é por meio de medidas socioeconômicas. Isso mede as desigualdades de saúde por status socioeconômico. A desigualdade de saúde poderá ser quantidade como a diferença entre as frequências de dificuldades de saúde em uma população e a maior ordem socioeconômica. O índice de diferença de saúde é calculado levando em consideração uma pluralidade de fatores socioeconômicos. O defeito em calcular este índice é que a proporção de categorias socioeconômicas aumenta à capacidade que analisamos as populações.